2.336 mortes

Brasil ultrapassa 4,5 milhões de casos de dengue

MG e SP continuam liderando ranking de infecções

acessibilidade:
Mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue. (Foto: EBC).

O Brasil ultrapassou a marca de 4,5 milhões (4.500.594) de casos prováveis de dengue em 2024. Dados são do painel de monitoramento do Ministério da Saúde com dados registrados até a madrugada desta quarta-feira (8).

O estado de Minas Gerais continua liderando o ranking de casos prováveis de dengue em 2024. Até o momento, foram contabilizados 1.305.317 possíveis infecções. Em seguida, aparecem os estados de São Paulo, com 1.163.358, e Paraná, com 461.386.

O Distrito Federal registrou, até esta terça-feira (7), 323 mortes por dengue em 2024, segundo o Ministério da Saúde. Outros 48 óbitos estão sob investigação, de acordo com a pasta federal.

Em relação aos óbitos, o número chega a 2.336 mortes confirmadas, enquanto outras 2.439 estão sob investigação – isto é, para ver se há relação com a dengue. Este é o maior número de óbitos confirmado desde o início da série histórica no país, em 2000, superando o recorde de mortes registrado em todo o ano de 2023 (1.094 mortes).

 

Tabela de atualizações de casos de dengue dos anos de 2023 e 2024

Até o momento, 9 estados (Goiás; Minas Gerais; Espírito Santo; Rio de Janeiro; Santa Catarina; Amapá; São Paulo; Rio Grande do Sul e Paraná), além do Distrito Federal já decretaram status de emergência por causa da doença. Outros 605 municípios, incluindo capitais como Rio de Janeiro e Belo Horizonte, também adotaram a medida.