Economia

Padilha espera votar regulamentação da reforma tributária em julho

O ministro indicou que Lula reafirmou que a prioridade é de acompanhamento dos dois projetos de regulamentação que já tramitam na Câmara

acessibilidade:
Alexandre Padilha, Ministro das Relações Institucionais

O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha (PT), disse, nesta segunda-feira (17), que a expectativa do governo é de que a votação da regulamentação da reforma tributária comece na Câmara dos Deputados na primeira semana de julho.

Falando a repórteres após reunião do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com líderes do governo no Congresso Nacional, Padilha ainda afirmou que Lula reafirmou no encontro a prioridade no acompanhamento dos dois projetos de regulamentação que já tramitam na Câmara.

“Temos compromisso com o arcabouço fiscal criado e reafirmamos o esforço do cumprimento das metas ousadas que estabelecemos”, disse Padilha aos repórteres quando questionado se o governo estaria considerando mudanças na regra fiscal.

Ele afirmou que ainda não chegou ao Palácio do Planalto nenhuma proposta sobre as despesas orçamentárias para 2025, indicando que o debate sobre o tema ainda será feito pela equipe econômica.

“Qualquer fala sobre a estrutura do orçamento para o ano que vem é mera especulação. Esse debate vai ser feito”, afirmou. “Não veio para a mesa do presidente qualquer proposta em relação a isso.”

Ele argumentou, no entanto, que o governo sempre se atentará à “qualidade” dos gastos públicos e defendeu as despesas nas áreas de saúde e educação como “investimentos”.