Meio Ambiente

Marina reaparece após Pantanal queimar por 20 dias e 5,5 mil km2 destruídos

Ministra atribui incêndios a “extremos climáticos”, mas em 2020 culpou Bolsonaro e acusou o governo de "postura inescrupulosa"

acessibilidade:
Incêndios no Pantanal Sul-Mato-Grossense destruíram perto de 550 mil hectares em 20 dias (Fotos: Governo de MS)

O governo de Mato Grosso do Sul enfrenta o fogo no Pantanal como se numa guerra estivesse. Sem ainda a ajuda do Governo federal, que só foi anunciada no último sábado (22), o trabalho ocorre durante o dia e à noite a fim de combater as chamas e conter o avanço do incêndio para áreas ainda livres do fogo.

Os primeiros focos de grandes proporções na região foram registrados no início do mês e desde então as ações foram desenvolvidas apenas pelo governo de Mato Grosso do Sul, cujo Estado detém quase dois terços da área do bioma.

Confira a materia completa em MS em Brasília, portal parceiro do Diário do Poder