Pesquisa

60% dos brasileiros acham que Lula exagerou ao comparar Israel ao Holocausto

Seis em cada dez brasileiros acreditam que o presidente Lula exagerou ao comparar as ações do Exército israelense na Faixa de Gaza ao genocidio praticado por Adolf Hitler contra os judeus

acessibilidade:
60% dos brasileiros acham que Lula exagerou ao comparar Israel ao Holocausto. (Foto: Reprodução/redes sociais).

Seis em cada dez brasileiros acreditam que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva exagerou ao comparar as ações do Exército israelense na Faixa de Gaza ao genocidio praticado por Adolf Hitler contra os judeus durante a Segunda Grande Guerra, de acordo com levantamento Genial/Quaest publicado nesta sexta-feira (01). 

Apenas 28% o chefe do Executivo não exagerou; 11% não sabem ou não responderam ao questionamento. A Quaest ouviu 2.000 pessoas com 16 anos ou mais, presencialmente, entre os dias 25 e 27 de fevereiro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais e o nível de confiança é de 95%. 

Israel ou Palestina?

A pesquisa desta sexta-feira também avaliou novamente a percepção do público em relação a Israel e à Palestina.

Em outubro de 2023, mês em que teve início o atual conflito no Oriente Médio, 52% dos entrevistados tinham opinião favorável a Israel; 27% tinham opinião desfavorável, e 21% não sabiam ou não responderam.

Em fevereiro de 2024, o índice de entrevistados que possuem opinião favorável a Israel caiu para 39%, enquanto a percepção desfavorável avançou para 41%. Os que não sabem ou não responderam são 20%.

No que se refere à Palestina, 43% dos entrevistados tinham opinião desfavorável em outubro passado, contra 27% que tinham opinião favorável. Na ocasião, 31% não souberam ou não responderam à questão.

No mês passado, a percepção negativa da Palestina passou para 45%, enquanto a positiva caiu para 23%. Por sua vez, 32% não souberam ou não responderam ao levantamento mais recente.

Reportar Erro