São Paulo

Tiririca é investigado após denúncia de importunação sexual

O incidente teria ocorrido em 29 de fevereiro, mas só foi comunicado à polícia na noite da última segunda-feira (4)

acessibilidade:
A vítima estava realizando um serviço de manutenção quando Tiririca se aproximou e tocou suas nádegas por cima das calças (Foto: Reprodução/X)

Uma queixa foi prestada por um profissional de manutenção, de 39 anos, contra o humorista e deputado federal Francisco Everardo Oliveira Silva, mais conhecido como Tiririca (PL-SP), por importunação sexual. O incidente teria ocorrido em 29 de fevereiro, mas só foi comunicado à polícia na noite da última segunda-feira (4). 

Segundo o relato da vítima, ele estava realizando um serviço de manutenção na portaria de um condomínio localizado na Vila Olímpia, bairro da zona oeste de São Paulo. Por volta das 10h30 da manhã, um homem desconhecido se aproximou e tocou suas nádegas por cima das calças, em um gesto inadequado. 

Os funcionários do condomínio, incluindo os seguranças, presenciaram a cena e riram, o que causou grande constrangimento à vítima. 

Posteriormente, o homem descobriu que o autor do ato era o próprio Tiririca. 

A advogada do prestador de serviços orientou-o a registrar um boletim de ocorrência sobre o incidente. O caso foi relatado no 27º Distrito Policial, localizado no Campo Belo, e será investigado pelos policiais do 96º Distrito Policial, no Brooklin. 

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) informou que diligências estão em andamento para esclarecer o ocorrido. 

Reportar Erro