31 de dezembro

Vacinação contra Peste Suína Clássica é prorrogada em Alagoas

A campanha foi prorrogada até o dia 31 de dezembro, com expectativa de alcançar uma adesão maior de criadores

acessibilidade:
Alagoas foi o primeiro estado da zona não livre da doença a aderir à campanha. (Foto: Wenderson Araujo/CNA/Trilux).

A 5ª etapa da campanha de vacinação contra a Peste Suína Clássica em Alagoas foi prorrogada até o dia 31 de dezembro. A decisão foi anunciada de forma conjunta pela Secretaria de Estado da Agricultura e Pecuária (Seagri), Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal) e Associação Brasileira dos Criadores de Suínos.

De acordo com a secretaria, o número de animais imunizados chegou a 101.343, com visitas a quase quatro mil propriedades em todo o estado. Com o novo prazo, a expectativa é de que a campanha alcance uma adesão maior de criadores, que terão uma nova oportunidade de receber os agentes para imunizar de forma gratuita os animais.

De acordo com os dados de acompanhamento da ABCS, a cobertura vacinal atual é de 78%. O trabalho de vacinação está sendo realizado para que Alagoas conquiste o status de zona livre da Peste Suína Clássica, podendo chegar a não obrigatoriedade da vacina nos animais.

Este é um projeto-piloto do Mapa, e Alagoas foi o primeiro estado da zona não livre da doença a aderir à campanha, que fortalece a suinocultura alagoana, garantindo a saúde dos animais e oportunizando aumento no desempenho produtivo, além de assegurar a abertura de mercados para comercialização da carne suína e produtos da cadeia produtiva.

Reportar Erro