Que fase...

Justiça afasta ex-ministro petista da cúpula da Petrobras

O ex-ministro da Ciência e Tecnologia foi indicado para a vaga na estatal em abril do ano passado

acessibilidade:
Ex-ministro da Ciência e Tecnologia (entre 2005 e 2011), Sérgio Machado Rezende foi indicado em abril de 2023 para uma vaga no conselho da Petrobras. (Foto: Acervo Pessoal).

A 21ª Vara Federal de São Paulo determinou nesta segunda-feira (8) a suspensão de Sérgio Machado Rezende do Conselho de Administração da Petrobras.

A decisão foi baseada em uma suposta inobservância de requisitos do estatuto social da estatal na indicação de Rezende.

A informação foi divulgada pela petrolífera que afirmou ainda que vai recorrer da decisão.

“A Petrobras buscará a reforma da referida decisão por meio do recurso cabível. Fatos julgados relevantes sobre o tema serão tempestivamente divulgados ao mercado”, destacou a empresa em comunicado.

Ex-ministro da Ciência e Tecnologia (entre 2005 e 2011), Sérgio Machado Rezende foi indicado pela União para uma vaga no Conselho de Administração da Petrobras em abril de 2023.

Irregularidades

Em outubro do ano passado, a Justiça de SP negou um pedido do deputado federal Leonardo Siqueira (Novo-SP), que moveu uma ação popular denunciando supostas irregularidades em nomeações para conselhos na estatal.

 

Reportar Erro