Cepea

Enchentes no Rio Grande do Sul afetam regiões produtoras de batata

A situação é mais crítica em Ibiraiaras, que inicia a colheita da safra das secas entre o fim de abril e começo de maio

acessibilidade:
Os dados foram divulgados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). (Foto: Pixabay).

Importantes regiões abastecedoras do mercado nacional de batata foram afetadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul.

Segundo pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), a situação é mais crítica em Ibiraiaras, que tradicionalmente inicia a colheita da safra das secas entre o fim de abril e começo de maio.

O excesso de chuva tem provocado apodrecimento de grande parte das batatas nos campos, levando produtores a estimarem uma significativa quebra de produtividade.

Conforme o centro, a extensão total dos prejuízos só será conhecida após o início efetivo dos trabalhos de campo.

Em Bom Jesus, a colheita da safra das águas está praticamente concluída, com agricultores direcionando seus esforços ao cultivo de batata-semente da próxima safra.

Pesquisadores afirmam que, felizmente, a maior parte dos plantios de batata ocorre na região serrana, área menos atingida pelas chuvas intensas.