Ministro da Justiça

Dino anuncia ‘pacotão’ para segurança na Bahia; R$134 milhões

O ministro fez as declarações ao lado do governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT)

acessibilidade:
Ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino. (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil).

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flavio Dino, anunciou nesta quinta-feira (5) um pacote de R$134 milhões para a Segurança Pública na Bahia, e autorizou a presença de agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas fronteiras do estado.

“A PRF vai começar a Operação Divisa, desenhada em conjunto com o estado, em que nós vamos fortalecer as fronteiras da Bahia com os estados vizinhos”, afirmou o ministro em entrevista coletiva.

O ministro fez as declarações ao lado do governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), e atribuiu o aumento de violência no estado e no país ao “armamentismo irresponsável” dos últimos anos.

“Eu sei que há pessoas que não gostam de ouvir a verdade, mas a verdade é essa”, afirmou.

Vale destacar que a polícia que mais mata no Brasil é a da Bahia, segundo dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública. O estado é governado a 17 anos por petistas.

De acordo com o anuário mais recente publicado, 1.464 pessoas foram mortas pela polícia baiana em intervenções oficiais no ano de 2022, conseguindo superar, pela primeira vez o estado do Rio de Janeiro líder em todos os anos anteriores desde o início da contagem, registrou 1.330 assassinatos em 2022.  

O número de mortes na Bahia representa 22,7% do total de mortes praticadas por policiais em todo o Brasil, que foi de 6.430 mortes. 

 

Reportar Erro