18x6

Governo Ibaneis acaba lenga-lenga de 15 anos e aprova PPCUB de goleada

Brasília ganha seu Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico

acessibilidade:
Mesa diretora da Câmara Legislativa durante votação do PPCUB, nesta quarta-feira (19) - Foto: Carlos Gandra.

O governo Ibaneis. Rocha (MDB) obteve uma vitória categórica na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), com a aprovação por 18×6 votos, nesta quarta-feira (19), do Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasilia (PPCUB).

Proposto pelo próprio governo Ibaneis, em mensagem datada de março deste ano, a proposta aprovada põe fim ao lenga-lenga de cerca de 15 anos de discussões intermináveis.

O PPCUB, que deverá ser sancionado sem demora pelo governador do DF, prevê medidas importantes, no ordenamento da área tombada de Brasília. Veja algumas das mudanças mais importantes:

  • Autoriza o comércio varejista de alimentos, bebidas e cigarro e lojas de materiais de construção no Setor de Embaixadas Norte e Sul.
  • Também será permitida a construção de pousadas, apart-hotéis, hotéis e motéis nas quadras 700 e 900 Sul e Norte
  • A lei remove os obstáculos para a criação de lotes nos Setores de Clubes Norte e Sul
  • Será autorizada no Noroeste a chamada “desconstituição de lotes” mesmo em área de “interesse ecológico”
  • Ficam liberadas também mudanças no traçado da avenida W3 Sul
  • Os hotéis de três andares, nos setores Hoteleiros Norte e Sul, poderão dar lugar a prédios de até 12 andares, como os demais.
  • Será autorizada a construção de lojas, restaurantes e camping no fim do Eixão Sul, perto do viaduto da L4 Sul

Os deputados deliberaram sobre a retirada do projeto uma emenda que autorizava a concessão do autódromo Nelson Piquet à iniciativa privada, que será mantido sob controle do BRB.