Vandalismo em Brasília

MP do DF recomenda afastamento de comandantes da PM e do secretário de Segurança

A recomendação foi enviada à governadora em exercício, Celina Leão e ao interventor da União, Ricardo Capelli

acessibilidade:
Janelas danificadas no Palácio do Planalto após atos terroristas no ultimo domingo Foto? Foto: Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil

O  procurador-geral de Justiça do Distrito Federal e Territórios, Georges Seigneur, recomendou à governadora em exercício, Celina Leão, o afastamento de comandantes da Polícia Militar, assim como a exoneração do secretário de Segurança Pública do Distrito Federal em exercício, Fernando de Sousa Oliveira.

A recomendação também foi enviada ao interventor da União na Segurança Pública do DF, Ricardo Capelli.

Na orientação, Seigneur defende o afastamento provisório do comandante-geral da Polícia Militar do DF, Fábio Augusto Vieira; do comandante operacional da Polícia Militar do Distrito Federal, Jorge Eduardo Naime Barreto, e do comandante do Pelotão de Choque, Gustavo Cunha de Souza.

A medida ressalta a necessidade da apuração dos fatos que ocorreram no último domingo (8), quando ocorreu a invasão do Congresso Nacional, Supremo Tribunal Federal e do Palácio do Planalto, para que sejam analisadas as informações, documentos, fotos e vídeos, além de notícias “apontando omissões por parte de integrantes da Polícia Militar do Distrito Federal no que se refere aos graves atos antidemocráticos praticados em 8 de janeiro de 2023, inclusive com inobservância do Protocolo de Ações Integradas nº2/2023”.