Mais Lidas

superfaturamento em 2018

Secretário de Saúde de Goiás é investigado por fraude em contratos do Iges-DF

A Polícia Civil faz buscas na casa de Ismael Alexandrino por contratos firmado à época que era diretor do Iges-DF

acessibilidade:
O secretário Ismael Alexandrino é investigado por gestão de contratos quando ocupava cadeira no Iges-DF

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) deflagrou, na manhã desta quinta-feira (26), ação para investigar o secretário de Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, pela contratação de uma empresa de radiologia à época que ainda era diretor do Hospital de Base, gerido pelo Instituto de Gestão Estratégica em Saúde do Distrito Federal (Iges-DF).

A empresa prestou serviço ao Iges-DF em 2018 e, de acordo com a PCDF, os contratos apresentavam falhas quanto os “elementos técnicos dos atos convocatórios”, quanto ao desrespeito ao princípio de economicidade. Há suspeita de superfaturamento dos itens contratados.

São cumpridos oito mandados de busca e apreensão na casa dos servidores ligados à licitação em Brasília e em Goiânia, Goiás.

O Iges-DF explicou, por meio de nota, que as contratações ocorreram antes do atual governo e que está à disposição da Justiça para prestar esclarecimentos.

Reportar Erro