Mais Lidas

Reeleição

PDT vai apoiar Rollemberg na disputa ao governo do Distrito Federal

Coligação do partido com o PSB foi imposta pelo presidente nacional do PDT, Carlos Lupi

acessibilidade:
Fim do impasse: PDT decide apoiar Rodrigo Rollemberg à reeleição

O PDT oficializou, nesta segunda-feira, 6, apoio à reeleição de Rodrigo Rollemberg (PSB) ao Governo do Distrito Federal. A candidatura de Rollemberg foi lançada pelo PSB no dia 28 de julho. O vice é Eduardo Brandão (PV).

A coligação do PDT com o PSB foi imposta pelo presidente nacional do partido, Carlos Lupi, e dividiu a legenda local. Nos últimos meses, o PDT chegou a lançar dois nomes como pré-candidatos ao governo do DF – Joe Valle, atual presidente da Câmara Legislativa, e Peniel Pacheco. Ambos desistiram.

O partido fez convenção no sábado, 4, mas com o impasse, adiou um posicionamento sobre a disputa nas eleições de 2018. Ontem, 5, o PDT chegou a encaminhar apoio à candidatura de Eliana Pedrosa (Pros), no domingo (5), mas a legenda recuou. O veto ocorreu porque o Pros decidiu apoiar o PT e isolar a candidatura de Ciro.

“Tinha uma boa parte que não queria (apoiar o governador), mas é importante ter um palanque aqui para o Ciro (Gomes)”, afirmou Lupi, na sede nacional da agremiação, ao lado do presidenciável e da candidata a vice ao Palácio do Planalto, Kátia Abreu, todos do PDT.

O presidente regional do PDT, Georges Michel, mostrou preocupação com o clima local após o anúncio. “A decisão foi do Lupi. Este cenário fica bom para a aliança nacional, mas o grupo está dividido e vamos trabalhar e unificá-lo”, afirmou. A decisão de Lupi deixou descontente uma parcela do partido no DF.

A aliança com Rollemberg foi combatida nos últimos meses por militantes locais. Isso porque, no fim do ano passado, os pedetistas desembarcaram do governo e passaram a fazer duras críticas à gestão do socialista.

Senado

Durante a convenção, ficou definido que o ex-deputado distrital Fábio Barcellos será o candidato da sigla ao Senado federal.

Vídeos Relacionados