Mais Lidas

ex-marido é suspeito

Mulher é morta à queima roupa em Sobradinho, no DF, e assassino está foragido

O ex-marido de Thais, Osmar de Sousa Silva, é apontado como principal suspeito do crime

acessibilidade:
O homem abriu fogo após a vítima abrir o portão, e ele dispara os últimos dois tiros mirando a cabeça da mulher, já inerte no chão.

Osmar de Sousa Silva é o suspeito.

Thais da Silva Campos, 27 anos, foi vítima de feminicídio na Quadra 14 de Sobradinho, região administrativa do Distrito Federal. O principal suspeito é o ex-marido, Osmar de Sousa Silva, 36 anos, com quem a dentista tinha um filho de 2 anos.

Ela foi baleada cinco vezes à queima roupa, exatamente às 18h35 deste domingo (20), após abrir o portão de ferro de sua casa para atender a um homem que tocou a campainha.

A cena foi filmada por uma câmera de segurança, mas o Diário do Poder optou por não exibir o vídeo, em respeito à vítima e seus familiares.

As imagens mostram que após abrir o portão para sair à calçada, o homem sacou uma arma de fogo e passou a atirar na mulher. Já no chão, inerte, ela recebeu ainda mais dois tiros, o ultimo apontado para sua cabeça.

De acordo com a Polícia Militar do DF, Osmar de Sousa fugiu logo após o crime em um automóvel Honda Civic branco e segue escondido em uma região de mata de Sobradinho.

O Corpo de Bombeiros atendeu à ocorrência, mas a mulher já havia morrido no local do ataque.

A mulher se encaminha para abrir o portão ao assassino, demonstrando que o conhecia.