Mais Lidas

Idade avançada

Ex-governador Joaquim Roriz continua em observação na UTI do Hospital Brasília

Devido a idade avançada e a saúde frágil, Roriz segue internado após tratamento para pneumonia

acessibilidade:
A despedida de Roriz da vida pública ocorreu em 2010 Foto: Facebook

O ex-governador do Distrito Federal Joaquim Roriz, 82 anos, segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), segundo informações da assessoria, o político segue internado para ser monitorado.

Nesta quinta-feira (13) completam 21 dias que Roriz deu entrada no Hospital Brasília, com pneumonia. Roriz respondeu bem ao tratamento intravenoso com antibiótico.

O estado de saúde do ex-governador vem se agravando no decorrer dos anos, em agosto do ano passado, o ex-governador teve complicações devido ao diabetes, e para evitar necrose, foi submetido a cirurgias, primeiro para amputar dois dedos do pé, e devido ao agravamento da doença, a perna direita também teve que ser amputada, na altura do joelho.

A saúde mental de Joaquim Roriz, também está debilitada, decorrente do Alzheimer, a doença foi confirmada em fevereiro, após exame que apontou um quadro de demência vascular.

Joaquim Roriz começou sua saga política no Distrito Federal em 1988, quando governou até 1990. Depois disso, Roriz volta ao GDF nos anos de 1991, 1999 e 2003, quando permaneceu no comando do DF até 2006.

Eleito senador em 2006, Roriz renunciou ao cargo cinco meses para escapar de um processo de cassação relacionado ao caso da ‘Bezerra de ouro’. Joaquim Roriz  foi apontado como beneficiário de cheques do fundador da GOL, Nenê Constantino, no valor de R$ 2,2 milhões, descontados no BRB.

A sua despedida da vida pública ocorreu em 2010, depois que candidatura ao GDF  foi impugnada com base na lei Ficha Limpa.