Mais Lidas

Aedes Aegypti

Distrito Federal tem quase 20 mil casos prováveis de dengue em 2020

A capital federal ainda apresenta 55 casos de Chikungunya e 24 de Zika

acessibilidade:
Casos de dengue em Brasília, por exemplo, totalizaram mais de 40 mil, em 2020, e 44 óbitos. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília.
Casos de dengue em Brasília, por exemplo, totalizaram mais de 40 mil, em 2020, e 44 óbitos. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília.

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal divulgou o monitoramento mensal de arboviroses. Apenas neste ano, foram registrados quase 20 mil casos prováveis de dengue (19.378, mas precisamente), 55 de Chikungunya e 24 casos prováveis da doença aguda pelo vírus Zika. Até agora, 12 pessoas morreram com suspeita de dengue.

Em todo o DF, 21 regiões administrativas tem alta incidência de dengue: Plano Piloto, Varjão do Torto, Candangolândia, Guará, Núcleo Bandeirante, Riacho Fundo I, Itapoã, Paranoá, São Sebastião, Fercal, Planaltina, Sobradinho I, Sobradinho II, Brazlândia, Ceilândia, Recanto das Emas, Samambaia, Taguatinga, Vicente Pires, Gama e Santa Maria.

Segundo o subsecretário de Vigilância em Saúde, Eduardo Hage, tem-se verificado a predominância da dengue tipo 1, o que faz a proliferação ser maior, porém, com casos de menor gravidade. “Além disso, com a quantidade de chuva acentuada e ainda alternando com dias de sol. Propicia a proliferação do vetor”, explica.

De acordo com a secretaria, a atuação da população juntamente com o governo é muito necessária. “É importante que as pessoas não joguem lixo na rua, principalmente materiais plásticos. Também pedimos que aproveitem esse período de isolamento social e olhem em torno de seu domicílio, para evitar os locais que poderiam se transformar em possíveis criadouros do mosquito”, alerta Hage.

Ainda segundo a secretaria, o órgão vem trabalhando para reduzir o número de casos, eliminando focos do mosquito e orientando a população quanto aos cuidados que devem ser tomados. A pasta afirma que, diariamente, o carro fumacê (UBV) tem circulado por todas as regiões administrativas no início da manhã e ao final do dia.