Distrito Federal

Conta de água ficará quase 10% mais cara no DF a partir de 1º de junho

Adasa publicou a tabela de reajuste nesta segunda-feira no Diário Oficial

acessibilidade:

A conta de água ficará mais cara no Distrito Federal a partir de 1º de junho. O novo reajuste, que permanecerá vigente até 31 de maio de 2025, será de 9,88% a ser aplicado nas tarifas de abastecimento de água e esgoto de todos os imóveis do DF.

O ato, assinado pela Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa), foi publicado na edição desta segunda-feira (29/4) do Diário Oficial (DODF).

Com a nova determinação, a tarifa fixa para a categoria residencial passará de R$9,26 para R$10,18. No caso das taxas sociais  para esses tipos de imóveis, o valor vai de R$4,41 para R$5,09.

Entre 2019 e 2023, o valor da tarifa residencial de água e esgoto aumentou mais de 22% para os moradores do Distrito Federal.

 

Há quatro anos, por exemplo, as pessoas que utilizavam 19 m³ por mês — média mensal do DF, de acordo com a Caesb —, pagavam R$87,35. Até dezembro de 2023, o montante era de R$106,70 sendo R$9,26 de tarifa fixa e R$97,44 para quem gasta na média do DF.

Reportar Erro