Mais Lidas

Acusado está preso

Chacareiro de 73 anos vira réu por suposta ajuda na fuga de Lázaro

Ministério Público de Goiás encaminhou denúncia contra Elmi Caetano Evangelista à Justiça do estado

acessibilidade:
homem com bigode, camisa cinza e máscara preta abaixada
Elmi Caetano segue preso desde 24 de junho e torna-se réu na Justiça de Goiás por ajudar Lázaro Barbosa. Foto: Reprodução

O Ministério Público de Goiás (MPGO) encaminhou, na noite desta terça-feira (6), denúncia ao Tribunal de Justiça do Goiás (TJGO) contra Elmi Caetano Evangelista, chacareiro acusado de ajudar Lázaro Barbosa em fuga da polícia.

Elmi, 73 anos, está preso preventivamente desde o último dia 24 e teve pedido de soltura negado pela juíza Luciana Oliveira de Almeida Maia da Silveira.

O caseiro de Elmi, Alain Reis, também foi preso na mesma oportunidade e foi solto em audiência de custódia no dia seguinte.

O funcionário informou que Lázaro buscou abrigo na residência de Elmi, oferecendo-lhe esconderijo e comida.

Além da suposta ação de cumplicidade a Lázaro, o chacareiro também deve responder pela posse irregular de arma de fogo de uso permitido e posse de arma de fogo de uso restrito.