Mais Lidas

Testes aprovados

Análise da Fiocruz libera 300 mil kits de testes rápidos doados ao GDF

Exames para detectar a Covid-19 passaram pela avaliação técnica da fundação

acessibilidade:
De acordo com a SMS, a intenção da estratégia é ter cobertura representativa da população local. Foto: Renato Alves

Os 300 mil kits de testes rápidos para detecção de anticorpos IGM de Covid-19 doados ao Governo do Distrito Federal estão liberados para uso. O material, recebido pela Secretaria de Economia, passou pela análise do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). No valor total de R$ 8,5 milhões, a doação partiu de um pedido do governador Ibaneis Rocha, que determinou à Secretaria de Economia a operacionalização do processo.

Acompanhado pelo diretor do Laboratório Central de Saúde Pública do DF (Lacen), Jorge Antônio Chamon Júnior, o secretário de Economia, André Clemente, foi a Itajaí (SC) receber o material, transportado em caminhões refrigerados. Os testes chegaram ao Distrito Federal no dia 2, tendo sido encaminhados à Secretaria de Saúde (SES), que solicitou a análise técnica à Fiocruz.

Foram realizados testes em dois kits, cada um com 50 exames. O laudo mostra que o resultado encontrado pela equipe técnica está de acordo com o declarado pela fabricante, Hecin Scientific. Em 28 amostras clínicas positivas de Covid-19, foram encontrados apenas quatro resultados falsos positivos (87,5% de acerto), enquanto 72 amostras negativas também geraram quatro falsos negativos (95,81%). Com a aprovação, os kits estão disponíveis para testagem na rede pública em pacientes que apresentarem sintomas da doença do oitavo ao décimo quarto dia.

Rede pública oferece

Os exames detectam a presença de anticorpos que o organismo humano produz contra a Covid-19 e serão oferecidos pela rede pública nas unidades básicas de saúde (UBSs), em hospitais e unidades de pronto atendimento (UPAs). Isso porque os profissionais de saúde fazem coleta sangue (soro ou plasma), o que requer ambiente laboratorial para o processamento.

Quem tiver sinais da doença causada pelo novo coronavírus deve procurar a UBS mais próxima de casa, onde, se for o caso, poderá fazer o teste mais indicado pelos profissionais de saúde. É recomendado que o exame seja realizado a partir do oitavo dia de sintomas, porque os anticorpos são mais detectáveis.(Agência Brasília)

Reportar Erro