Mais Lidas

Operação Drácon

Deputados entram com recurso para tentar adiar julgamento na próxima terça

Os parlamentares foram denunciados por recebimento de propina

acessibilidade:

O julgamento da denúncia da Operação Drácon está marcado para a próxima terça-feira (21). No entanto, os deputados investigados Celina Leão (PPS) e Cristiano Araújo (PSD) entraram com recurso para questionar o desmembramento do inquérito. Eles são suspeitos de recebimento de propina.

O pedido será apreciado por desembargadores do Conselho Especial do Tribunal de Justiça do DF e dos Territórios (TJDFT). Além deles, o Ministério Público denunciou Raimundo Ribeiro (PPS), Bispo Renato (PR) e Júlio César (PRB).

Os denunciados sem foro privilegiado são o ex-diretor do Fundo de Saúde Ricardo dos Santos e o ex-secretário da Mesa Diretora da Câmara Alexandre Cerqueira e o  ex-secretário-geral da Casa Valério Neves.

A Justiça determinou que os processos contra os denunciados sem foro privilegiado fossem analisados pela primeira instância. Os deputados, no entanto, pedem que sejam julgados também pelo Conselho Especial. O recurso pode postergar o julgamento.

Vídeos Relacionados