647,4 mil fora de casa

Tragédia afeta mais de 94% cidades do RS: 163 mortos e 72 desaparecidos

Dados da Defesa Civil mantém tendência de queda de gaúchos desaparecidos

acessibilidade:
As enchentes que assolam o Rio Grande do Sul inundaram maioria das cidades do estado. (Foto: Reprodução/Facebook Governo do RS).

O balanço atualizado da Defesa Civil divulgado na manhã desta quinta-feira (23) registrou uma nova vítima fatal e alcançou 163 mortos pela catástrofe ambiental histórica no Rio Grande do Sul, que afetou 2,3 milhões de gaúchos. Com o ingresso do município de Osório, o estado supera o percentual de 94% de cidades atingidas pelas enchentes que levaram destruição para 468 dos 497 municípios gaúchos.

Desde a manhã de ontem, dez pessoas deixaram a lista de desaparecidos, que agora registra 72 nomes. As enchentes tiraram 647.405 pessoas de suas casas. A maioria delas, 581.643, estão desalojadas, em casas de amigos ou familiares. Enquanto 65.762 gaúchos seguem acolhidos em abrigos.

O relatório ainda registra que houve 806 feridos pelo desastre, em meio a 82,6 mil resgates de pessoas. As equipes do poder público e de voluntários ainda resgataram mais de 12,4 mil animais.

Veja os dados do balanço da Defesa Civil, atualizado às 9h desta quinta (23):

  • Municípios afetados: 468
  • Pessoas em abrigos: 65.762
  • Desalojados: 581.643
  • Afetados: 2.342.460
  • Feridos: 806
  • Desaparecidos: 72
  • Óbitos confirmados: 163
  • Pessoas resgatadas: 82.666
  • Animais resgatados: 12.440
  • Efetivo: 27.708
  • Viaturas: 4.069
  • Aeronoaves: 17
  • Embarcações: 255

A Defesa Civil do Estado está orientando as pessoas a verificarem se seus nomes constam na lista de desaparecidos, e, caso esteja listado, procurar a Delegacia de Polícia Civil mais próxima para verificação e regularização dos dados, com a retirada do nome da lista de desaparecidos. (Veja aqui a lista de mortos e desaparecidos)

Ao atuar para atender a população afetada e promover a segurança das vítimas, a Defesa Civil estadual orienta as pessoas a se cadastrarem para receberem os alertas meteorológicos, enviando o CEP da localidade por SMS para o número 40199. Após uma confirmação ser enviada, o número ficará disponível para receber as informações, sempre que elas forem divulgadas.

“Também é possível se cadastrar via aplicativo Whatsapp. Para ter acesso ao serviço, é necessário se registrar pelo telefone (61) 2034-4611 ou clicando aqui. Em seguida, é preciso interagir com o robô de atendimento enviando um simples ‘oi’. Após a primeira interação, o usuário pode compartilhar sua localização atual ou qualquer outra do seu interesse para, dessa forma, receber as mensagens que serão encaminhadas pela Defesa Civil estadual”, explica o órgão.

 

Reportar Erro