Quase duas toneladas

Tarcísio destaca dano de R$800 milhões ao tráfico com apreensão de droga

Governador Tarcísio celebrou apreensão de quase duas toneladas da droga e destruiu refinaria de cocaína em chácara em Rio Grande da Serra

acessibilidade:
Polícia de SP apreendeu quase duas toneladas de cocaína em chácara na região do ABC Paulista (Foto: Reprodução/Governo de SP)

O governador Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos), comemorou hoje (4) a apreensão de quase duas toneladas de cocaína, em operação deflagrada ontem pela Polícia Civil de São Paulo, em uma chácara da zona rural de Rio Grande da Serra. A ação policial na região do ABC Paulista ainda desativou um laboratório de refino da droga e impôs um prejuízo de cerca de R$ 800 milhões aos traficantes, de acordo com estimativa do valor da cocaína em exportações para a Europa ou a Ásia.

“Quase duas toneladas de cocaína apreendidas em mais uma ação de sucesso da Polícia Civil, desta vez em Rio Grande da Serra. Laboratório do crime organizado desativado e prejuízo de cerca de R$ 800 milhões para o tráfico. Sem trégua na asfixia ao crime aqui em São Paulo!”, celebrou Tarcísio.

O governo de SP divulgou que a apreensão foi resultado de denúncia recebida pela Polícia Civil, na quarta (3), quando passaram a monitorar o endereço, na Vila Lídia, e perceberam a aproximação de um veículo, que entrou no imóvel, na área de difícil acesso. E relatou que houve confronto com criminosos, após um policial ser alvo de tiros ao subir no portão da chácara. Mesmo alvo dos tiros, os investigadores entraram na propriedade, enquanto quatro criminosos fugiram para a mata que cerca o imóvel.

Com ajuda de um cão farejador da Guarda Municipal, o cenário encontrado pelos policiais foi de dois salões, com diversas salas, onde estavam material para manipular e refinar os entorpecentes. Na parte de cima da casa, foram apreendidos galões com líquidos, possivelmente usados no refino da cocaína. E uma das salas guardava 350 tijolos de pasta base, parte desta droga em sacos plásticos.

A área de “produção” e embalo de cocaína e crack funcionava no piso superior, com três máquinas empacotadoras e materiais para manusear e embalar as drogas, indicando produção em “larga escala”. E uma caixa d’água usada para guardar grande quantidade de cocaína em sacos plásticos foi encontrada no meio da mata, na área externa do imóvel.

“O Instituto de Criminalística foi acionado ao local, realizando a perícia e recolhendo vestígios para tentar identificar os criminosos que usavam a área. As substâncias encontradas foram pesadas e lacradas. Um celular e o carro que estavam na chácara foram apreendidos também. O caso foi registrado na Delegacia Policial de Rio Grande da Serra. A droga foi encaminhada para a sede do Departamento Estadual de Investigações sobre Entorpecentes (Denarc), da capital paulista”, comunicou o portal do Governo de SP.

Veja o vídeo postado pelo governador Tarcíso na rede social X, detalhando a apreensão: