Trabalhando como escravizados

PF resgata 12 pessoas em condições análogas à escravidão, no Maranhão

Flagrante ocorreu após denúncia de que havia trabalhadores praticamente escravizados e sem respeito a direitos trabalhistas

acessibilidade:
PF realizou operação contra trabalho degradante em fazendas no interior do Maranhão (Foto: Reprodução PF)

Uma operação conjunta da Polícia Federal, do Ministério Público do Trabalho e do Ministério do Trabalho e Emprego identificou e resgatou 12 pessoas trabalhando em condições degradantes, análogas à escravidão, em fazenda localizada na cidade de São Raimundo das Mangabeiras, no Maranhão.

O flagrante ocorreu após denúncia de que havia trabalhadores praticamente escravizados e sem respeito a direitos trabalhistas, em fazendas nas cidades maranhenses de São Raimundo das Mangabeiras, São Domingos do Azeitão, Pastos Bons e São João Dos Patos. A operação realizou as fiscalizações entre 17 e 26 de junho.

A PF relatou que, nas demais fazendas, mesmo sem flagrante de trabalho em condições degradantes e precárias, a operação constatou o descumprimento da legislação trabalhista, em especial, normas de segurança e saúde no ambiente de trabalho. E as propriedades foram notificadas e ainda autuadas por descumprimento da legislação trabalhista.