Reação à ousadia

MP denunciou traficante por cobrar R$ 500 mil e ameaçar obras no Rio

Traficante ameaçou com arma de fogo um engenheiro da construção do Parque Piedade

acessibilidade:
Jean do 18 ameaçou engenheiro em obra no Rio e é procurado da Justiça (Foto: Reprodução/Disque Denúncia)

O traficante Jean Carlos Nascimento dos Santos, conhecido como “Jean do 18” ou “fofinho”, foi denunciado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) pelos crimes de associação criminosa, extorsão e ameaça, ao cobrar R$ 500 mil para não paralisar as obras do Parque Piedade, na Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro.

O foragido da Justiça que foi identificado após apelo público do prefeito Eduardo Paes (PSD) é acusado de abordar e ameaçar com arma de fogo o engenheiro responsável pela construção, na última segunda-feira (8), no canteiro de obras, na comunidade do Morro do 18, no bairro de Água Santa.

Segundo a denúncia da 3ª Promotoria de Investigação Penal Especializada, Jean do 18 está foragido há um ano, desde sua fuga da Penitenciária Lemos de Brito, no Complexo Penitenciário de Gericinó. E ameaçou o engenheiro, com outros três comparsas armados, exigindo o pagamento meio milhão de reais para liberar a obra.

“A vítima respondeu que iria repassar a exigência para a Prefeitura do Rio de Janeiro, responsável pela contratação da obra, e, em seguida, foi liberada pelos criminosos”, diz o MPRJ.

Em 2016, o traficante considerado de altíssima periculosidade foi indiciado pelo homicídio de próprio advogado, Roberto Rodrigues. O Disque Denúncia oferece recompensa de R$ 5 mil por informações que levem o criminoso à prisão. E o MPRJ afirma que Jean do 18 é condenado ou réu em mais de 20 casos.

O processo tramita na 2ª Vara Criminal Especializada da Capital, sob o nº 0007033-96.2024.8.19.0001.

Reportar Erro