No Vale do Taquari

Leite começa a distribuir doações via pix para vítimas de catástrofe no RS

Governador agiliza repasses em parceria com a Caixa para 428 famílias de Arroio do Meio e Encantado

acessibilidade:
Lilian da Rosa demonstrou gratidão às pessoas que doaram recursos para vítimas das enchentes no RS (Foto: Luís André/Secom RS)

O governador Eduardo Leite (PSDB) começou a distribuir valores doados para o pix oficial criado pelo estado do Rio Grande do Sul para socorrer vítimas da catástrofe climática que afetou mais de 92% das cidades gaúchas. A primeira entrega de cartões pré-pagos da Caixa com direito a saque de R$ 2 mil foi realizada ontem (17), para 428 famílias dos municípios de Arroio do Meio e Encantado, no Vale do Taquari.

As primeiros beneficiadas pelo fundo SOS Rio Grande do Sul foram famílias de gaúchos que residem em áreas afetadas pela enchente, cadastradas no CadÚnico e com renda familiar de até três salários mínimos. Elas receberam o cartão de débito aceito na rede credenciada Visa e Elo, após serem atendidos de forma rápida pelas equipes da Caixa. A agilidade foi possível pelo cruzamento de dados sobre o mapeamento das áreas afetadas feito pelo Departamento de Economia e Estatística (DEE) da Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG) e dos bancos de dados de programais sociais.

Alessandra Araújo de Oliveira foi uma das representantes de 329 famílias aptas a receber a ajuda humanitária em Arroio do Meio. E disse que comprará móveis para um novo endereço, porque sua família já foi atingida por três enchentes, sendo esta última a mais danosa, na residência atual.

Equipe da Caixa fez entrega dos cartões em Arroio do Meio (Foto: Nabor Goulart/Ascom Casa Civil)

Após ter destruída sua casa e a residência de sua mãe, Jussara Claro pensa comprar eletrodomésticos com o valor recebido assim que estiver em um novo endereço. “É uma grande ajuda, agradecemos muito, porque estão vendo a necessidade das pessoas”, disse a vítima beneficiada.

Rejane Machado teve sua residência totalmente destruída, onde morava sozinha, na região de Campos Sales, uma das mais atingidas em Arroio do Meio. E ainda não definiu como pretende usar o recurso doado pela população e empresas. “É um dinheiro para dar uma respirada, uma segurança”, afirmou.

Na mesma situação, a viúva Michelle Freitas tem quatro filhos, e deve usar o valor como uma ajuda para recomeçar, comprando móveis, após perder tudo.

Emoção e gratidão

Em Encantado, a 20 quilômetros de Arroio do Meio, 99 famílias foram selecionadas com base nos critérios da distribuição das doações. Uma delas foi a de Zoraia Kich, que ficou muito feliz ao saber do repasse de R$ 2 mil. “Toda a ajuda é bem-vinda”, agradeceu.

Sandra Biglialdi se disse emocionada com o carinho que as pessoas têm umas pelas outras e com a doação para ajudar a população atingida por enxurrada.

Lilian da Rosa também falou sobre as doações e frisou que gostaria, em nome dos que receberam os recursos, agradecer a todas as pessoas que destinaram as doações.

O governo do RS anunciou que anunciará, em breve, outros municípios que serão beneficiados, com base em critérios definidos pelo Comitê Gestor do fundo, formado pelo governo do Estado e por entidades privadas.

Doações continuam

Pix: CNPJ: 92.958.800/0001-38
Banco do Estado do Rio Grande do Sul ou Associação dos Bancos no Estado do Rio Grande do Sul

Ao realizar a operação, confirme que o nome da conta que aparece é SOS Rio Grande do Sul e que o banco é o Banrisul, orienta o governo gaúcho. (Com Secom RS)

Reportar Erro