Presente do Santos

Ladrão devolve em SP bola roubada da Câmara autografada por Neymar

Bola ficava exposta na Câmara e foi devolvida à PM de SP por homem que a roubou nos ataques de 8 de janeiro

acessibilidade:
Bola com autógrafo de Neymar foi presenteada à Câmara pelo time do Santos, em 2012. Foto: Acervo da Câmara

O Departamento de Polícia Legislativa (Depol) da Câmara dos Deputados articula com a Polícia Federal de Sorocaba (SP) a devolução da bola de futebol roubada durante a invasão da Câmara dos Deputados nos ataques golpistas de 8 de janeiro. A bola foi devolvida à Polícia Militar de São Paulo pelo homem que a furtou.

O autor do furto foi liberado pela Polícia Federal, após confessar ter fugido com a bola, depois de participar do ataque à Câmara dos Deputados, em Brasília. O homem que não teve identidade divulgada não ficou preso por não haver flagrante, nem mandado de prisão contra ele.

A bola assinada por Neymar foi um presente da Delegação de Jogadores do Santos Futebol Clube ao então presidente da Câmara, Marco Maia, em 10 de abril de 2012. Na ocasião, uma sessão solene celebrava o centenário do clube.

A Polícia Legislativa da Câmara trabalha para identificar todos que entraram na Câmara no dia 8 de janeiro, quando foram cinco presos, já denunciados pela Procuradoria-Geral da República. “Já identificamos mais 40 infratores sobre os quais a advocacia da Casa encaminhará a representação criminal à PGR. Estamos trabalhando na identificação de outros”, informou.