Investimento no turismo

JHC anuncia roda-gigante de R$ 25 milhões em Maceió, 100% privada

Prefeito exalta aporte milionário que tornará a capital de Alagoas a 1ª cidade do Nordeste com roda-gigante panorâmica

acessibilidade:
Roda-gigante em Maceió será instalada na orla da Pajuçara (Foto: Reprodução/Instagram)

O prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, o “JHC” (PL), formalizou, ontem (17), a entrega do alvará para construção da primeira roda-gigante panorâmica a ser instalada em uma cidade nortestina. Com 45 metros de altura e um investimento 100% privado de R$ 25 milhões, equipamento turístico será erguido na Praça Multieventos, em um dos mais belos cartões postais da capital alagoana, a orna da praia da Pajuçara.

“Maceió é feita de coisas gigantes e viemos informar para vocês que a nossa roda-gigante agora se transformará em realidade. São 25 milhões de reais em investimento, que é 100% privado, esclarecendo àqueles que ainda não compreenderam ou que propagam informações de maneira inadequada”, explicou JHC, que chegou a ser criticado pelo projeto que repercute desde o ano passado.

Com mandato marcado por espalhar réplicas de objetos gigantes em pontos turísticos de Maceió, como uma cadeira na orla de Ponta Verde e balanços nas margens da Lagoa Mundaú, o prefeito ressalta que a nova gigante terá tecnologia de ponta para atrair ainda mais turistas e maceioenses para a Pajuçara.

“Será mais um ícone da nossa cidade. A empresa responsável é a mesma de São Paulo, Canelas e Balneário Camboriú. As cabines são idênticas, com algumas inovações, terão wi-fi e bluetooth. Tem led nos dois lados dela, será moderna, com ar-condicionado, capacidade para seis pessoas por cabine”, celebrou.

O prefeito da cidade marcada pelo afundamento de cinco bairros destruídos pela mineração da Braskem citou o papel social do novo equipamento, que segue uma rotina de grandes eventos, grandes iniciativas para fomentar o ecossistema da principal vocação da economia local: o turismo.

“Esse projeto cumpre com sua função social, e ficamos muito felizes em Maceió mostrar sua potência e sermos a primeira capital do Nordeste a ter esse equipamento”, ressaltou o JHC, que chegou a brincar com a expectativa pelo projeto da roda-gigante, em setembro de 2023, quando anunciou o investimento de R$ 266 milhões na compra do primeiro hospital público municipal de Maceió, com recursos obtidos da Braskem via acordo de compensação pelos danos.

Investimento gigante

Segundo informações da Secretaria de Comunicação de Maceió, o trade turístico estima que a roda-gigante atrairá até 1300 visitantes por dia, movimentando cerca de  R$ 2 milhões por mês na economia de Maceió, ao se tornar um dos referenciais turísticos da capital alagoana, como ocorre em São Paulo, Rio de Janeiro, Foz do Iguaçu e Balneário Camboriú.

A roda-gigante será instalada pela Interparques Holding, que venceu licitação feita pela Prefeitura de Maceió, na parceria em que todo investimento realizado para instalação do equipamento será do setor privado.

“Maceió está despontando no turismo, sendo um dos principais destinos turísticos do Nordeste. O turismo se move para onde há mais desenvolvimento, infraestrutura, e o que está acontecendo aqui é o reflexo do local. Maceió é um dos destinos mais consagrados do Nordeste”, destacou Cicero Fiedler, representante da empresa.

O empresário promete segurança, conforto e design do equipamento, compatíveis com demais empreendimentos da Interparques Holding, que iniciará imediatamente as intervenções para as obras. “O equipamento já está em fabricação, atingiremos o objetivo junto à prefeitura e vamos entregar ainda este ano”, prevê.

 

Reportar Erro