'Domingo de família'

Ciro: ‘lacradores’ em ato pró-Bolsonaro, nem apareçam

Senador prega "clima familiar" no evento de apoio a ex-presidente, domingo, na Avenida Paulista

acessibilidade:
O senador Ciro Nogueira (Progressista-PI) negou que o ex-presidente Jair Bolsonaro tivesse conhecimento prévio sobre a chamada minuta do golpe.(Foto: Divulgação Instagram/ @cironogueira)

Presidente nacional do Progressistas, o senador piauiense Ciro Nogueira utilizou sua conta na rede social X para reforçar a convocação de integrantes da direita para o ato convocado por Jair Bolsonaro (PL), para demonstração de apoio ao ex-presidente, na Avenida Paulista, no domingo (25). Mas reforçou o aviso de Bolsonaro da proibição de ataques e ofensas a pessoas e instituições, durante a manifestação que Ciro compara a uma reunião de família.

“‘Lacradores’: se quiser atacar ou ofender alguém ou alguma instituição, nem apareça no domingo. Domingo é dia de família!”, alertou o senador que chefiou a Casa Civil do governo de Bolsonaro.

O ato foi convocado após o cerco de operações da Polícia Federal a Bolsonaro e seus aliados, autorizadas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, no âmbito de inquéritos que apuram supostos crimes de tentativa de golpe de Estado, contra a eleição do presidente Lula (PT). E ocorrerá apenas três dias depois de depoimentos simultâneos do próprio ex-presidente, ex-ministros, ex-assessores e militares, à PF.

Ciro Nogueira comparou o ato a um simbólico domingo em família, em busca de alegria e apoio para obter força para desafios futuros.  “Lá, estaremos ao lado do nosso líder Bolsonaro para ouvi-lo e apoiá-lo. Agora, é bom avisar: parentes inconvenientes não são bem vindos e ele já avisou que não aceitará palavras de ataque a ninguém”, alertou.

Reportar Erro