Celebrar a vida

Corpo de bombeiros do DF participa da celebração dos 90 anos de Dona Alice

Desta vez, os militares não foram chamados para salvar, mas sim celebrar a vida

acessibilidade:
Os 90 anos de Dona Alice não poderiam passar em branco

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) atendeu uma chamada diferente neste domingo (5), desta vez, não para salvar vidas, mas para celebrar os 90 anos de Dona Alice.

Devido a pandemia do coronavírus, não foi possível realizar a festa, devido aos riscos, e a necessidade de se respeitar o isolamento social, mas a família da idosa não queria deixar uma data tão especial passar em branco e solicitou ajuda do bombeiros.

Foram enviadas três viaturas com treze militares, além de um integrante da Banda de Música da Corporação. Dentre as músicas tocadas, o clássico de Roberto Carlos, Como é grande o meu amor por você,  e claro,  não poderia faltar o tradicional feliz aniversário.

Por meio de nota, assessoria de imprensa do CBMDF ressalta a necessidade do isolamento social, para evitar a proliferação do Covid-19.” O Corpo de Bombeiros agradece a consideração em ser lembrado para um momento tão especial. Aproveitamos a ocasião para desejar a todos que venham a passar suas datas natalícias nesse período, um feliz aniversário. Pedimos que entendam a excepcionalidade da situação e contribuam com as ações que o Governo do Distrito Federal vem empreendendo em defesa da comunidade. Elas são necessárias nesse momento. Protejam os mais vulneráveis e só saiam de casa se for realmente importante e sempre adotando medidas de prevenção adequadas”.

Participaram da missão as equipes do Centro de Comunicação Social, do 6º Grupamento de Bombeiro Militar do Núcleo Bandeirante e do Colégio Militar Dom Pedro II partiram para uma missão muito especial.