Mais Lidas

Desenvolvimento

Construção de polos tecnológicos recebe apoio de ministro

Governador busca apoio em Brasília

acessibilidade:

O governador Teotonio Vilela Filho se reuniu, nesta terça-feira (2), com o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Clelio Campolina Diniz. Na oportunidade, Teotonio prestou contas das ações realizadas pelo Governo de Alagoas e destacou que, com o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), construiu dois polos tecnológicos no Estado.

O primeiro polo foi inaugurado na semana passada, em Batalha, beneficiando a Bacia Leiteira alagoana. O segundo polo será inaugurado esse mês, em Arapiraca, e será voltado para o estímulo da produção de mandioca e da fruticultura.

O governador lembrou que Arapiraca é o destino final do Canal do Sertão, que se inicia na cidade sertaneja de Delmiro Gouveia, percorrendo 260 km de extensão, 100 deles serão inaugurados até o final deste ano.

Teotonio ainda informou que, na próxima sexta-feira (5), irá assinar a Ordem de Serviço para a construção do Polo de Tecnologia da Informação, Comunicação e Serviços (Tics), a ser instalado no Bairro histórico de Jaraguá, este com recursos próprios do Estado.

Acompanhado por assessores, o ministro disse conhecer as regiões beneficiadas pelos dois polos e se surpreendeu com a qualidade e a evolução dos projetos desenvolvidos pelo Estado de Alagoas. Explicou que, atualmente, são 30 órgãos vinculados ao Ministério e que, por meio de um deles, no mínimo, irá apoiar o andamento de todos os polos, colocando o Sistema Brasileiro de Tecnologia (Sibratec) à disposição dos técnicos alagoanos.

O Sibratec visa proporcionar o aumento da competitividade das empresas brasileiras, priorizando os setores da Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior e também os Sistemas Produtivos Locais.

?O ministro se comprometeu a criar condições de sustentabilidade dos nossos principais projetos, garantindo a sua sequencia não apenas na nossa gestão, mas também a médio e longo prazos?, afirmou Teotonio.

O Governo do Alagoas também esteve representado na audiência pelo secretário da Ciência e Tecnologia, Eduardo Setton, e pelo chefe do escritório de representação de Alagoas em Brasília, Josafá Bandeira.(Cinara Corrêa/Agência Alagoas)

Reportar Erro