cidades alagadas

Cidades do Espírito Santo decretam situação de emergência devido a chuvas

Castelo, Ibatiba e Guaçuí sofrem com alagamento de rios com aumento das chuvas

acessibilidade:
Rio enche com chuvas e atinge casa de moradores de Castelo, no Espírito Santo. Foto: Reprodução/TV Gazeta

A onda de temporais atingiu o Espírito Santo e fez com que três cidades no sul do estado decretassem situação de emergência. Castelo, Guaçuí e Ibatiba registram grande quantidade de chuvas e, consequentemente, a cheia dos rios que causam alagamentos e enchentes nas áreas urbanas.

O decreto permite que os municípios tenham acesso a recursos de contingência com maior facilidade para garantir a reparação dos danos, bem como a prestação de serviço de socorro às famílias afetadas.

Na cidade de Castelo, até o momento, cerca de 800 pessoas foram prejudicadas por causa de um alagamento. O aumento do volume nos rios também afetou moradores de Guaçuí, que tiveram de deixar suas casas.

Segundo a Defesa Civil, na manhã desta quarta-feira (12), 789 pessoas no estado estão desalojadas, sem possibilidade de ocupar suas residências, e outras 159 estão desabrigadas, ou seja, perderam completamente sua casa com os danos causados pela chuva.

 

Reportar Erro