Mais Lidas

Preços abusivos

Caminhoneiros mantêm protestos em rodovias que cortam o Distrito Federal

Resultado, falta etanol nos postos e querosene no aeroporto

acessibilidade:

Os caminhoneiros permanecem posicionados no entorno do Distrito Federal e também fazem paralisações em algumas rodovias dentro do Distrito Federal, em protesto contra os preços abusivos dos combustíveis.

Segundo informação da assessoria de imprensa da Polícia Rodoviária Federal (PRF) nesta tarde, as manifestações continuam na BR 060, BR 050, BR 040, e BR 070. 

Na saída norte, BR 020 existem três pontos de interdição na altura de Formosa. O trânsito também está complicado na subida do Colorado. Em Sobradinho na DF 150, seguindo para a região da Fercal, na altura do Posto Contagem, cerca de 120 caminhões ocupam o acostamento da via. Segundo informações da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) somente caminhões estão impedidos de passar.

Ato na DF 150 perto do Posto Contagem Foto PMDFTambém está ocorrendo bloqueio no Setor de Indústrias Gráficas (SIA), desde manhã os caminhoneiros bloquearam o acesso ao Terminal Terrestre de Brasília da Petrobras. Nenhum caminhão carregado pode sair do local.

No terceiro dia de bloqueios, os reflexos dos atos já aparecem, em muitos postos de gasolina do Distrito Federal já falta etanol nas bombas. No Aeroporto de Brasília, a Inframerica já informa que só tem combustível até o fim do dia. Os caminhões que abastecem o terminal estão parados na altura da cidade de Cristalina.