Mais Lidas

Disputa acirrada

Câmara Legislativa entra em semana decisiva com eleição de novo presidente

Na disputa devem estar Joe, Agaciel, Ricardo Valle, Sandra

acessibilidade:

As conversas de bastidores na Câmara Legislativa do DF estão agitadas e devem se exaltar esta semana, com a eleição do novo presidente e Mesa Diretora. No meio desse imbróglio, há votações de projetos de interesses dos deputados e do Executivo, além de vetos.

Entre os candidatos o único que se declarou oficial até o momento é Joe Valle (PDT). O segundo nome, ainda não oficial, é de Agaciel Maia (PR), que terá como vice o petista Ricardo Valle. O distrital Wellington Luiz (PMDB) gostaria de se candidatar, mas com a união de Valle e Agaciel, ele deve se juntar a Joe para fortalecer a chapa. Joe tem quatro votos garantidos.

Agaciel Maia é o nome respaldado pelo governador Rodrigo Rollemberg, mesmo seu ex-supersecretário Joe já ter declarado que vai disputar o cargo.

Outro nome ventilado pelos corredores da CLDF é de Sandra Faraj (SD). O nome dela seria indicação de deputados chamados de "independentes" que não querem nem Joe, nem Agaciel, nem Wellington.

O recesso dos deputados só começa após a aprovação do orçamento do ano que vem. A sessão, no dia 15, deve entrar a noite e não tem hora para acabar.

Projeto divide opiniões

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou na última quinta-feira (8) o projeto de lei complementar nº 84/2016, do Executivo, que cria a chamada Lei Orgânica da Cultura (LOC) do DF. O texto apreciado foi o substitutivo aprovado na quarta-feira (7) na Comissão de Educação, Saúde e Cultura (CESC).

O projeto foi aprovado por unanimidade e segue agora para análise nas comissões de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF) e de Constituição e Justiça (CCJ), que deve enfrentar resitência. Rodrigo Delmasso (PTN) e Faraj são contra porque, segundo eles, o projeto não inclui os cantores religiosos.