Por unanimidade

Brasil é escolhido para sediar eventos globais de energia limpa em 2024

A cidade de Foz de Iguaçu vai sediar a 15ª Reunião Ministerial de Energia Limpa

acessibilidade:
Os encontros serão realizados na cidade de Foz de Iguaçu (PR), no campus de Itaipu Binacional, usina hidrelétrica líder mundial em geração de energia limpa Foto: Pixabay

A cidade de Foz de Iguaçu (PR) vai sediar, em 2024, importantes eventos mundiais sobre energia limpa. Os encontros serão realizados no campus de Itaipu Binacional, usina hidrelétrica líder mundial em geração de energia limpa.

A escolha do Brasil como sede de tais eventos foi unânime. Desta forma o país receberá a 15ª Reunião Ministerial de Energia Limpa (“Clean Energy Ministerial”, CEM) e a 9ª Reunião Ministerial da “Missão Inovação” (“Mission Innovation”, MI), como reconhecimento do perfil limpo da matriz energética brasileira e do papel de liderança exercido pelo País nessa área.

No mesmo ano, o Brasil exercerá a presidência do G20, grupo das principais economias do mundo, e vinculará os dois eventos à Reunião Ministerial de Energia do agrupamento.

A CEM e a MI são plataformas multilaterais que reúnem países em desenvolvimento e desenvolvidos, além de organizações internacionais e empresas, com o objetivo de acelerar a transição para as energias limpas ao redor do mundo.

Os projetos de colaboração internacional desenvolvidos pelas plataformas buscam estimular pesquisa e inovação, assim como aspectos vinculados à comercialização de tecnologias de energia limpa em larga escala.

O Brasil é membro fundador dessas plataformas e co-lidera iniciativas de alto perfil na CEM, como linhas de trabalho voltadas à modernização dos sistemas elétricos e a Plataforma para o Biofuturo, projeto multilateral dedicado a ampliar a utilização da bioenergia e promover a bioeconomia sustentável em todo o mundo.