Mais Lidas

Crise

Bompreço vai fechar ao menos 3 das suas 23 lojas em Alagoas

Hiper da Buarque de Macedo só funciona até 31 de dezembro

acessibilidade:

A rede de supermercado Bompreço deve fechar ao menos três das suas 23 unidades de Alagoas, como decorrência da crise econômica, e a primeira delas será sua mais antiga loja na cidade, localizava na rua Buarque de Macedo, que já não abrirá suas portas a partir de 1º de janeiro.

A decisão de suas lojas foi confirmada oficialmente pelo Bompreço, que, fundada pelo Grupo Paes Mendonça, foi adquirida pelo Walmart, maior varejista do mundo. Com a operação, a Walmart se transformou na terceira maior rede de supermercado do Brasil.

Apesar de vender as lojas, o Grupo Paes Mendonça, presidido pelo empresário João Carlos Paes Mendonça, manteve o controle do Cartão Bompreço e a propriedade das lojas físicas, que são alugadas ao grupo Walmart.

O Bompreço não confirmou oficialmente quantas lojas serão fechadas especificamente em Alagoas, mas a decisão do grupo é fechar 30 em todo o País, que correspondem a 5% do total. 

O Bompreço atribui a decisão ao “ambiente econômico no Brasil”. “Estamos fazendo todo o possível para transferir funcionários dessas unidades para outras lojas e, quando não for possível, oferecemos apoio para recolocação profissional”, informou sua assessoria, em nota. 

Há dois anos, o grupo fechou 25 unidades, demitiu funcionários e abriu outras 22 unidades no País. Desde então, a companhia se concentrou em cortar gastos e buscar eficiência na logística, compras e unificação das operações das lojas. Com 544 lojas no Brasil, o Walmart atua com nove marcas (bandeiras) entre hipermercados (Walmart, Hiper Bompreço e BIG), supermercados (Bompreço, Nacional e Mercadorama), atacado (Maxxi), clube de compras (Sam’s Club) e lojas de vizinhança (TodoDia).
 

Reportar Erro