Eleições 2014

Benedito rompe com Vilela e entrega cargos

Demissão de secretário foi o estopim da rebelião da turma de Benedito

acessibilidade:

O senador Benedito de Lira (PP.AL) entregou nesta segunda-feira, ao governador Teotônio Vilela Filho (PSDB), todos os cargos que ele e seus aliados mantinham na administração estadual. O gesto de Lira ocorreu durante longa reunião com Vilela, na sequência de uma “nota de repúdio” firmada por vários partidos (PP, PR, Solidariedade, PSB, PPS, PSD e PSL) contrários à exoneração do ex-secretário de Recursos Hídricos, Napoleão Casado. A nota foi entregue nesta manhã ao secretário do Gabinete Civil, Álvaro Machado.

Os partidos se rebelaram contra a decisão política do governador de apoiar a candidatura de Eduardo Tavares (PSDB) ao governo de Alagoas, em outubro. ?Não entendemos o que aconteceu, porque Benedito de Lira era candidato da base do governo até semana passada. Agora o governador está utilizando as secretarias para cooptar partidos?, disse o deputado Maurício Quintella (PR).

Assim, devem ficar vagas as secretarias cujos titulares foram indicados pelo PSB (Mulher, Cidadania e Direitos Humanos e Trabalho, Emprego e Renda), pelo PPS (Pesca), PP (Educação e Assistência e Desenvolvimento Social) e PR (Recursos Hídricos.

Candidato ao governo estadual, Benedito de Lira e seu filho, deputado Arthur Lira (PP-AL), tiveram seus nomes associados ao doleiro Alberto Youssef. A revista Veja constatou que eram frequentes as visitas de Arthur ao escritório do doleiro, preso na Operação Lava Jato, da Polícia Federal, e que o senador deu chancela política à indicação do atual presidente da estatal de trens urbanos CBTU.

Reportar Erro