Rio Grande do Sul

Bancada gaúcha aciona Justiça para adiar o ‘Enem dos Concursos’

A medida foi motivada pelo estado de calamidade pública decretado no RS devido às enchentes que afetam o local

acessibilidade:
O deputado federal Tenente-Coronel Zucco (PL) afirmou que realizar o concurso nessas condições seria 'insensato'. (Foto: Agência Câmara).

A bancada federal composta por 34 parlamentares do Rio Grande do Sul, acionou a Justiça para adiar do Enem dos Concursos, marcado para o próximo domingo.

A medida é uma resposta a situação de calamidade pública decretado devido às intensas chuvas que afetam o estado.

O deputado federal Tenente-Coronel Zucco (PL) expressou a gravidade da situação, descrevendo-a como a pior catástrofe já vivida pelo estado, com cidades destruídas, milhares desabrigados e muitos mortos.

O parlamentar argumenta que realizar o exame nessas condições seria “insensato”.

O governador Eduardo Leite (PSDB) também recomendou ao governo federal o adiamento do concurso, considerando-o inviável para a população gaúcha.

Apesar disso, o governo federal decidiu manter a aplicação das provas em todo o país, inclusive no Rio Grande do Sul.

As chuvas causaram estragos significativos, com mais de 100 municípios afetados e 31 mortes confirmadas pela Defesa Civil.

Em Porto Alegre, a ruptura de uma casa de bombas resultou na inundação do Centro Histórico.

 

Reportar Erro