Mais Lidas

Disputa tucana

Áudios mostram equipe de Leite tentando adiar prévias do PSDB. Ouça.

Governador gaúcho Eduardo Leite disse que era 'mentira', mas gravações indicam o contrário. Ouça os áudios.

acessibilidade:
Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul - Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini.

Apesar das negativas do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, chegando a afirmar que era “mentira”, gravações em áudio obtidas pelo Diário do Poder mostram que, de fato, os coordenadores de sua campanha fizeram gestões para adiar as prévias do PSDB.

As prévias foram convocadas para que dirigentes e filiados do PSDB escolham o candidato do partido a presidente da República, e estão marcadas para o próximo domingo (21).

“A nossa proposta é adiarmos a prévia”, afirma claramente em uma das gravações o ex-deputado Jutahy Magalhães, que procurou Wilson Pedroso, coordenador da campanha do governador de São Paulo, João Doria.

“Não pode ter prévia no dia 21, essa é a nossa proposta”, insiste Juthay. Ouça:

A alegação para o adiamento tem a ver com problemas de confiabilidade no aplicativo desenvolvido pelo PSDB-RS que permitiria votação virtual, durante as prévias.

Outra gravação mostra trecho da conversa entre o ex-deputado João Almeida, diretor de Gestão Corporativa do PSDB e também coordenador da campanha de Eduardo Leite, tentando convencer o presidente nacional do partido, Bruno Araújo, a apoiar o adiamento.

Nessa conversa, Bruno dá uma gargalhada carregada de ironia e observa:

– Quem cria o aplicativo não quer eleição! Posição mais fácil é a minha, né?

Almeida não gostou do que ouviu, nem das risadas, e acusou o presidente do PSDB:

– Você é que conduziu a isso. Você é que nos conduziu a este ponto, agora, Foi você que conduziu todo esse processo.

Ouça o diálogo entre João Almeida e Bruno Araújo:

Nessa conversa com Bruno Araújo, o ex-deputado João Almeida confirma o entendimento de Juthay, seu colega na coordenação da campanha de Eduardo Leite, sobre a questão do adiamento. Ouça: