Mais Lidas

Caos na saúde

Após fiscalização, emergência do Hospital de Brazlândia é fechada

Não há um prazo para que o atendimento volte à normalidade

acessibilidade:

Os pacientes que procurarem o Hospital Regional de Brazlândia vão encontrar o pronto-socorro fechado. Depois de uma determinação feita nesta quinta-feira (3) pela Vigilância Sanitária, a Secretaria de Saúde informou que, a partir de agora, as áreas de cirurgia geral e clínica médica da emergência estão com o atendimento suspenso. Não há prazo para reabertura.

A Secretaria de Saúde informou em nota que o atendimento a novos pacientes de clínica médica e cirurgia geral no hospital está restrito, temporariamente, até que a unidade se adeque às exigências feitas nesta quinta-feira (3) pela Diretoria de Vigilância Sanitária, órgão que também compõe a estrutura da pasta. Neste período, os cidadãos deverão buscar outras unidades de saúde e terão como referência o Hospital Regional de Ceilândia. Casos gravíssimos que chegarem a Brazlândia serão atendidos. Pacientes internados permanecem com assistência.

A Subsecretaria de Vigilância à Saúde esclareceu que foi acionada por meio de ligações à Ouvidoria da Secretaria. Durante a fiscalização, foi constatado que o hospital funcionava com pacientes além de sua capacidade, número de profissionais reduzido, baixo quantitativo de alguns materiais e equipamentos fora de operação.

Diariamente, o Hospital Regional de Brazlândia atende, em média, 164 pacientes na clínica médica e 43 na cirurgia geral. Ainda não há um prazo para que o atendimento volte à normalidade. A Secretaria de Saúde, no entanto, diz que trabalha para que o período de restrição seja o mais breve possível.

Reportar Erro