Mais Lidas

Prévias sob ataque

Apoiador de Leite entra na justiça contra o PSDB para suspender as previas

Ele aparece em evento de apoio à candidatura do gaúcho no MS

acessibilidade:
Gustavo Futagami (destacado no círculo) no evento de apoio da Juventude do PSDB-MS a Leite.

É ligado ao governador do Rio Grande do Sul o advogado de Mato Grosso do Sul que ingressou com ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) questionando a direção do PSDB sobre o fiasco do aplicativo de votação, na prévias de domingo (21), e pedindo para suspender a votação.

O autor da ação, Gustavo Futagami, aparece ao lado de Eduardo Leite em eventos como em 11 de setembro, quando a Juventude do PSDB-MS, da qual é tesoureiro, declarou apoio ao governador do RS nas prévias.

A foto em que Futagami aparece com Leite chegou a ser publicada pelo perfil da Juventude do PSDB.

A contratação do aplicativo junto a uma fundação gaúcha foi formalizada pelo presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, alvo principal da ação na Justiça.

A ação foi protocolada no TSE ainda no dia 21, antes de o PSDB decidir testar outro aplicativo para continuar as prévias.

Nesta quarta-feira (24), o ministro Benedito Gonçalves, do TSE, pediu explicações ao PSDB e fixou prazo de dez dias para que Bruno Araújo explique os problemas do aplicativo e suspenda a votação.

O advogado argumenta em sua ação que as falhas técnicas “ferem direito líquido e certo do filiado de escolher, através do voto, o próximo presidenciável do PSDB”.