Mais Lidas

R$ 20 milhões

Antônio Andrade acusa PSDB de tentar comprar apoio do PMDB

acessibilidade:

O deputado federal e presidente do PMDB-MG, Antônio Andrade, acusou o PSDB de oferecer R$ 20 milhões para tentar comprar o apoio da legenda nas eleições para o governo de Minas Gerais. Ainda foi oferecida, de acordo com o peemedebista, a vaga de senador para Andrade. Na versão inicial, o negociador teria sido o presidente do PSDB-MG, deputado federal Macus Pestana, mas depois Andrade não reafirmou o nome do tucano.

?Eu disse para eles que eu tenho que ajudar nossa bancada, que estou atrás de R$ 20 milhõ es e eles disseram ‘isso não é problema nenhum. Nós conseguimos os R$ 20 milhões para a ajudar os pré-candidatos a deputado’?, afirmou Andrade. Em relação à disputa ao Senado, o presidente do PMDB afirmou que, em caso de acordo, ele seria o candidato da aliança, e não o ex-governador Antonio Anastásia (PSDB), contou Andrade em coletiva de imprensa.

Pestana classificou as acusações como ?insanidade? e negou que tenha conversado com Andrade. ?Isso é um delírio, uma irresponsabilidade, uma calúnia. Se ele disse que eu falei isso, é um mentiroso. Nunca estive reunido com ele, até porque, sei da posição dele?, disse. ?Isso mostra a insegurança e o padrão que a campanha adversária está adotando?, completou.

Reportar Erro