Mais Lidas

Ufal

Alunos do curso de odontologia da Ufal vão ocupar a Reitoria

Alunos de odontologia estão gastando até R$3 mil por semestre

acessibilidade:

O estudantes do curso de Odontologia da Universidade Federal de Alagoas realizarão na próxima sexta-feira (16) um protesto na Reitoria do Campus A.C. Simões, em Maceió. Eles reivindicam melhorias no curso, onde por falta de materiais básicos de atendimento, os alunos estão tendo a sua formação prejudicada.

Durante o ato, que acontece às vésperas das eleições para decidir o próximo Reitor, os alunos tentam chamar atenção para a falta de estrutura para manutenção de Cursos, principalmente o de Odontologia.

De acordo com o estudantes o "não é um problema novo, é um problema antigo e que aparentemente não tem incomodado os gestores públicos". Segundo o site da própria instituição e do portal de transparência, há anos não é realizada uma licitação para a aquisição de materiais de consumo odontológico, aqueles que são imprescindíveis para a manutenção das atividades da Faculdade de Odontologia.

A licitação é prevista em Lei visando que as instituições públicas possam planejar suas aquisições de bens e serviços. Quando a situação fica completamente complicada, a Reitoria lança mão do Cartão Corporativo, que tem um limite estabelecido por Lei e que não resolve o problema, apenas serve de paliativo.

"Nós, alunos, já gastamos em média R$ 3.000,00 por semestre na compra de instrumentais e materiais para as clínicas e não temos como arcar com mais estes gastos por conta da ineficiência dos gestores públicos”, relatou a aluna Isadora Amaral

Reportar Erro