Mais Lidas

Justiça contra Fakenews

TRE de Alagoas manda retirar ofensa contra Benedito de Lira no Facebook

Post imputava ao senador frase que defendia ser natural das mulheres aceitar apanhar do marido

acessibilidade:
Senador e candidato à reeleição Benedito de Lira. Foto: Divulgação Redes sociais

O desembargador eleitoral Gustavo de Mendonça Gomes, integrante da Comissão de Propaganda do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL), deferiu nesta terça (14) o pedido de liminar feito pelo candidato à reeleição ao Senado, Benedito de Lira (PP-AL) contra o Facebook, em razão de publicação ofensiva realizada na rede social, determinando a retirada do conteúdo do ar no prazo de 12 horas. A liminar ainda impôs a pena de R$ 30 mil por dia caso o conteúdo não seja removido conforme a decisão.

Benedito de Lira pediu a intervenção da Justiça eleitoral contra a publicação que representaria propaganda de cunho ofensivo a sua honra e imagem, além de representar uma mentira. O post em questão teria imputado ao candidato do PP a autoria da frase “é da natureza da mulher levar umas palmadinhas do marido quando faz alguma coisa errada”.

Para o senador, o conteúdo incita ao eleitorado a ideia de que o mesmo seria uma pessoa machista e incentivadora de atos de violência contra as mulheres.

O atendimento ao pedido da liminar foi justificado pelo desembargador eleitoral Gustavo de Mendonça Gomes, pela conclusão de que havia perigo evidente em aguardar o pronunciamento jurisdicional definitivo, na medida que o impacto das publicações em redes sociais são imediatos e imensuráveis, sobretudo ao se considerar o potencial viralizante dos compartilhamentos espontâneos dos usuários.

“Além de que a publicação veicula conteúdo de incitamento à violência contra a mulher, percebo nos comentários o despertar de manifestações de intensa intolerância, destoando dos propósitos de um debate democrático”, evidenciou o desembargador Gustavo de Mendonça Gomes.

Apelo contra notícias falsas

No final da manhã de hoje (14), Benedito de Lira publicou em seus perfis das redes sociais um apelo para que seus seguidores denunciassem a publicação de notícias falsas, as fake news.

“A campanha eleitoral nem começou e notícias falsas já começam a aparecer nas redes sociais com o objetivo de distorcer a verdade e enganar a população, que merece respeito e clareza na hora de escolher seu candidato. O senador Benedito de Lira tem sido alvo dessa tentativa baixa em disseminar a mentira e confundir as pessoas. Divulgar notícia falsa é crime. Ajude a combater, denuncie. Afinal, quem compartilha esse tipo de notícia está sendo cúmplice”, disse a mensagem da campanha do candidato à reeleição pelo PP. ( Com informações da Ascom do TRE de Alagoas)