Mais Lidas

Corrupção eleitoral

PRF prende três suspeitos com R$13 mil para crime eleitoral, no Sertão de Alagoas

Além do dinheiro em espécie, havia lista de eleitores e santinhos de candidatos

acessibilidade:
PRF em Canapi apreendeu 13 mil reais e cadastro de eleitores. Foto: Ascom PRF

Em ação decorrente da intensificação do combate ao crime eleitoral em todo o país, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu três homens suspeitos de cometerem corrupção eleitoral na noite de ontem (04), na BR 423, em Canapi, no Sertão de Alagoas. Dentro do veículo dos presos havia adesivos, diversos “santinhos” de candidatos, uma lista com eleitores que seriam transportados até as seções eleitorais e uma R$ 13.339,00 em dinheiro.

Os policiais rodoviários federais fiscalizavam em frente à Unidade Operacional de Polícia (UOP) da PRF no distrito de Carié e avistaram um veículo desviando caminho para não passar pelo posto policial. Desconfiados, os policiais decidiram seguir o carro e abordá-lo. Tratava-se de um Fiat/Siena, placa de Canapi, com três ocupantes.

Ao realizar uma busca pelo carro, os agentes federais encontraram diversos materiais de campanha de candidatos, um caderno contendo anotações de eleitores com respectivo número de título e veículos que fariam o transporte dos mesmos no dia das eleições, além da quantia em espécie.

Segundo a PRF, o motorista do carro garantiu que havia sacado o dinheiro há pouco tempo, mas quando foi solicitado o comprovante de saque, ele mudou sua versão e informou que só falaria algo na presença de seu advogado.

Todo material apreendido e os três suspeitos foi encaminhado para a Polícia Federal. E a PRF não divulgou a identificação dos presos, nem dos candidatos com material de campanha junto às provas encontradas no veículo.

Operação Eleições 2018

A PRF realiza até domingo (7) a Operação Eleições 2018, com a expectativa é de aumento do fluxo de veículos nas rodovias de Alagoas e de todo o Brasil. O objetivo é assegurar o direito ao voto e a fluidez no trânsito das rodovias federais do Estado, com fiscalizações e o combate aos crimes eleitorais para preservar o direito ao voto livre e imparcial.

Outras ações da PRF atendem ao exercício da democracia através de escoltas, transporte de urnas eletrônicas ou outras solicitações que venham a ser demandadas pela Justiça Eleitoral.

“O Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AL) terá todo apoio da Polícia Rodoviária Federal na fiscalização de crimes eleitorais durante as eleições, como em qualquer situação para salvaguardar a democracia no país”, garantiu a PRF através de sua assessoria em Alagoas. (Com informações da Ascom da PRF)