Mais Lidas

Benefícios forjados

Operação Garabulha combate fraudes ao Bolsa Família, em Alagoas

PF flagrou valores do programa federal forjados em Campo Grande

acessibilidade:

Mandados de busca são cumpridos pela PF nesta manhã (Foto: Google)

A Superintendência Regional da Polícia Federal em Alagoas deflagrou na manhã desta quinta-feira (12) a Operação Garabulha, contra fraudes em benefícios do programa Bolsa Família, no município de Campo Grande (AL). Policiais federais dão cumprimento a seis mandados de busca e apreensão expedidos pela 12ª Vara Federal de Alagoas, para serem executados em residências e na Secretaria Municipal de Assistência Social do município do interior de Alagoas.

Segundo a PF, as práticas delituosas consistiam em inserir pessoas em núcleos familiares diversos, a fim de permitir a ampliação dos valores dos benefícios recebidos do Bolsa Família. Em verificação por amostragem no referido município, revelou-se prejuízos vultosos somente em 2017, de e que podem ser mais amplos, devido ao modus operandi utilizado pelo grupo criminoso investigado.

A operação acontece meses depois de o prefeito de Campo Grande, Arnaldo Higino Lessa (PHS), ser preso em flagrante recebendo propina de um empresário; e depois de o seu sobrinho e ex-prefeito do município do Agreste de Alagoas, Miguel Higino também ser alvo de mandado de prisão. A dupla é acusada de participar de um esquema de notas frias que desviou mais de R$ 500 mil em verbas municipais.

O nome da operação, que não faz referência ao prefeito e ao ex-prefeito, é uma alusão à “má-escrita”, e identificou uma série de fraudes nos saques de parcelas do Programa Federal do Bolsa-Família.

Uma coletiva de imprensa foi marcada para as 10h30 da manhã de hoje, na Superintendência da PF, no bairro de Jaraguá, em Maceió, ocasião em que outras informações, a respeito desta Operação Garabulha, serão atualizadas. (Ascom da Superintendência Regional da PF em Alagoas)

Vídeos Relacionados