Mais Lidas

AVANÇO NOS TRANSPORTES

Ministro confirma R$ 1 bilhão para porto, aeroportos e estradas de Alagoas

Valter Casimiro entregou dragagem do porto de Maceió e iniciou projeto de aeroportos

acessibilidade:
Ministro dos Transportes Valter Casmiro inaugurou dragagem do Porto de Maceió (Foto: Márcio Ferreira/Agência Alagoas)

O ministro dos Transportes, Portos e Aviação, Valter Casimiro, anunciou, nesta quinta-feira (21), que há cerca de R$ 1 bilhão em recursos liberados para investimentos em estradas, porto e novos aeroportos em Alagoas. Ao lado de seu antecessor e deputado federal Maurício Quintella (PR-AL), o ministro esteve em Maceió assinando contrato para a construção do terminal de passageiros do Porto de Maceió, com investimento de R$ 5,1 milhões do governo federal. Casimiro ainda inaugurou a obra de dragagem do Porto de Maceió e libera o tráfego de um trecho de duplicação da BR-101.

Já que o presidente Michel Temer não caiu, como o governador Renan Filho (MDB) previa há alguns dias, o pré-candidato à reeleição ao Governo de Alagoas firmou com o ministro uma parceria, ao assinar o Termo de Compromisso para elaboração do projeto básico do aeroporto regional de Maragogi, no valor de R$ 3,2 milhões.

Caberá à pasta do governo Temer aprovar os projetos e arcar com 95% da execução da obra e ao Governo de Alagoas, a responsabilidade da liberação do terreno, elaboração dos projetos, licitação e execução de 5% do empreendimento. O valor de investimentos no aeródromo é de cerca de R$ 120 milhões.

Casimiro também assinou o protocolo de intenções para a construção do novo Aeroporto de Arapiraca, para consolidar a cidade como um polo agroindustrial, de comércio e de serviços.

O ministro destacou que o novo terminal de passageiros do Porto de Maceió é fundamental para o segmento turístico de Alagoas. “Vai proporcionar maior infraestrutura para recepcionar navios de cruzeiro, com o objetivo de resgatar rotas turísticas para o estado”, disse Casimiro.

As obras estão incluídas no Programa Agora é, Avançar, com prazo de 14 meses de duração.

Durante a agenda do ministro, também foi doado o anteprojeto de dragagem dos canais do Complexo Estuarino Lagunar Mandaú-Manguaba. E o ministro Maurício Quintella comemorou a entrega do estudo feito pelo Ministério dos Transportes. “Nunca Alagoas teve um estudo tão profundo como este sobre as lagoas”, declarou ele, que disse que a medida visa criar mecanismos à melhoria da qualidade da água entre as lagoas Mundaú e Manguaba.

Rodovias e viaduto

A agenda do ministro em Alagoas também contemplou sua participando da liberação do tráfego em pista dupla em 10 km da BR-101/Alagoas do trecho entre Teotônio Vilela e Junqueiro, trecho remanescente do Lote 6, no valor de R$ 12 milhões, que também integra o Programa Agora é, Avançar.

Ministro firmou parceria com Alagoas (Foto: José Feitosa/Gazetaweb)

O ministro ainda vistoriou a obra do chamado Viaduto da PRF, executado por convênio entre o Ministério dos Transportes, através do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), e o Governo de Alagoas. A obra tem por objetivo eliminar o principal ponto crítico da região metropolitana de Maceió, por onde passam mais de 50 mil veículos por dia.

O empreendimento também faz parte do Programa Avançar e está orçado em R$ 77,4 milhões, dos quais, R$ 63,8 já foram repassados para o DNIT. Dentre as entregas está o viaduto, uma rotatória, duas trincheiras e pista de passeio e ciclovia. O executor da obra é o Consórcio Rotatório Rodoviário (S.A. Paulista/Astec).

Casimiro também participou da assinatura do contrato para as obras de restauração e manutenção das BR-104 e 316, na área urbana de Maceió. Na ocasião, o ministro afirmou que a intervenção vai reduzir acidentes, dar mais conforto e melhorar a trafegabilidade dos mais de 1,3 milhão de usuários que trafegam na região metropolitana da capital alagoana. O prazo da obra é de 5 anos (manutenção continuada) e tem extensão de 61,9 km. O valor total do empreendimento é de R$ 30,1 milhões.

Maurício Quintella disse que, em Maceió, serão 63km recuperados nas rodovias. Na BR-101, ele informou que deve ser entregue mais 25km da duplicação até São Miguel dos Campos até agosto. (Com informações da Gazetaweb)