Mais Lidas

Infarto fulminante

Ex-presidente da Câmara de Maceió é encontrado morto em casa

Marcus Vasconcelos já presidiu a Arsal, o IZP e o ITEC

acessibilidade:
Marcus Vasconcelos ex-presidente da Câmara de Maceió e da Arsal. Foto: Redes Sociais

O ex-diretor da Agência Reguladora dos Serviços de Alagoas (Arsal) Marcus Antônio Vieira Vasconcelos foi encontrado morto em casa, na madrugada deste sábado (25), em decorrência de infarto fulminante.

Marcus Vasconcelos foi ex-presidente da Câmara de Vereadores de Maceió e também presidiu o Instituto Zumbi dos Palmares (IZP), o Instituto Tecnológico de Alagoas (Itec) e a antiga empresa de Turismo de Maceió (Enturma).

Administrador com habilitação em Marketing e pós-graduando em Gestão Empresarial, Marcus Vasconcelos é filho da bailarina clássica de Alagoas Emília Vasconcelos.

Em 1992, disputou eleições municipais como vice-prefeito da chapa encabeçada pelo ex-governador Teotonio Vilela Filho (PSDB).

Quando dirigia a Arsal, no ano passado, seu nome foi listado entre os assessores do governador Renan Filho (MDB) beneficiados pelo suposto grupo criminoso que atuou na Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e no Governo do Estado de Alagoas, promovendo acesso e progressão irregulares ao curso do programa de Mestrado Profissional em Administração Pública (Profiap). O esquema foi alvo da Operação Sucupira, inspirada em reportagem do Diário do Poder, que revelou o caso.

Marcus Vasconcelos também era ligado ao senador Renan Calheiros, bem como ao MDB.

O governo de Alagoas emitiu nota de pesar:

“O Governo de Alagoas lamenta o falecimento de Marcus Vasconcelos, ex-titular da Arsal e liderança política de longa tradição, ligado historicamente ao MDB.  Vereador em Maceió entre 1989 e 1992, Marcus Vasconcelos sempre foi um cidadão atuante e dedicado a construção de uma Alagoas mais avançada, desenvolvida e socialmente justa. Apresento meus sentimentos à família, aos amigos e colegas de trabalho do bravo Marcus Vasconcelos.

Renan Filho, governador de Alagoas”

E a Câmara Municipal de Maceió divulgou a seguinte nota:

“A Câmara Municipal de Maceió lamenta, com profundo pesar, a morte do ex-vereador e presidente da Casa de Mário Guimarães, no período entre 1989 a 1992, Marcus Vasconcelos, que aconteceu na madrugada deste sábado (25).

A Mesa Diretora e todos os demais parlamentares se solidarizam com a dor dos familiares e amigos de Marcus Vasconcelos, que também desempenhou, com extrema retidão, excelente papel em outras instituições públicas e privadas em Alagoas”