Mais Lidas

Apelo por mudança

Quintella exalta qualidades de rivais de Renan, ao pedir 2º voto ao Senado

Terceiro colocado em Maceió, aliado de Renan quer voto do eleitor da oposição

acessibilidade:
Maurício Quintella aliou-se a Renan para disputar o Senado

Terceiro colocado na disputa pelo Senado no maior colégio eleitoral de Alagoas, o ex-ministro dos Transportes e deputado federal Maurício Quintella Lessa (PR-AL) pede na propaganda eleitoral o segundo voto do eleitor alagoano, demonstrando não ver problemas em dividir a preferência eleitoral com adversários de sua coligação, que tem o senador Renan Calheiros (MDB-AL) como companheiro de chapa e candidato à reeleição. O candidato do PR a uma das duas vagas de senador em Alagoas exalta qualidades atribuídas como atrativos de seus concorrentes, sugerindo que também as possui.

Na peça da propaganda eleitoral veiculada desde quarta-feira (26) em inserções na TV e nas redes sociais, Quintella ressalta que seria um político da nova geração, pregando mudança como Rodrigo Cunha (PSDB); capaz de atrair recursos para o estado, como o senador Benedito de Lira (PP); e que manteria parceira com o governador Renan Filho (MDB), assim como o emedebista Renan Calheiros.

De olho nos números da corrida pelo Senado, Quintella já demonstra indiferença quanto ao eleitor escolher ou não votar em Renan. No vídeo, o candidato a senador do PR fala para indecisos, para seus eleitores e para os que dão o primeiro voto nos três candidatos melhores posicionados nas pesquisas.

Assista:

De olho nas tendências

O esforço para afirmar que poderia atender às expectativas de cada perfil de eleitor acontece uma semana depois de o candidato a senador do PSDB, Rodrigo Cunha, obter 53% das intenções de votos na pesquisa estimulada e 68% da preferência na simulação de votos válidos dos eleitores de Maceió (AL) entrevistados pelo Ibope, entre os dias 17 e 19 deste mês de setembro, com registros no TRE AL‐06041/2018 e no TSE BR‐02881/2018.

O cenário da disputa pelo Senado na capital alagoana desperta o interesse da argumentação da classe política, porque é em Maceió que se concentra o chamado “voto de opinião”, onde a influência de prefeitos e lideranças partidárias e de outros artifícios para atrair votos têm menos força sobre a massa de mais de 27% do eleitorado de Alagoas.

Neste universo de mais de 595 mil eleitores de Maceió, Rodrigo Cunha (PSDB) pontua 53% na mais recente pesquisa estimulada do Ibope; seguido de Renan Calheiros (MDB) com 24%, Maurício Quintella (PR) com 19%, Benedito de Lira (PP) com 16%, e pelos demais concorrentes com menos de 5%. Na simulação de votos válidos na capital alagoana (em que se exclui respostas “não sabe/não respondeu” e intenções de voto em branco ou nulo), o mesmo levantamento Ibope mostra Rodrigo Cunha com 68%, Renan com 30%, Quintella com 24%, Benedito com 21%, e os demais candidatos com desempenho abaixo de 7%.

Na estimulada aplicada sobre 812 eleitores de todo o estado de Alagoas, o Ibope mostra Quintella em quarto colocado, com 18%; e Benedito de Lira em terceiro, com 23%, enquanto Rodrigo Cunha obteve empate técnico com Renan, que tem 39% na pesquisa estimulada, contra 37% da preferência pelo tucano. A margem de erro da pesquisa contratada pela TV Gazeta é de 3% para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

 

 

Vídeos Relacionados