Mais Lidas

Violência

CUT de Alagoas divulga que sua sede teria sido atingida por tiros, na noite do domingo

Direção da central relatou à polícia que tiros teriam ocorrido após resultado das eleições

acessibilidade:
Perfurações na placa da sede da CUT em Alagoas foram denunciadas como marcas de tiros. Foto: Sandro Lima/Tribuna Hoje

A Central Única de Trabalhadores (CUT) em Alagoas divulgou que sua sede teria sido atingida por disparos de arma de fogo, na noite do domingo (28), no bairro do Bom Parto, em Maceió (AL). A ocorrência foi registrada ontem (29), na Central de Flagrantes da Polícia Civil, no Farol.

A direção da CUT em Alagoas informou que dois tiros teriam sido disparados contra a placa que identifica a sede da central sindical, que estaria fechada e desocupada no momento dos disparos.

Segundo a nota de repúdio publicada pela entidade na noite de ontem, o incidente teria ocorrido logo após a confirmação do resultado das eleições presidenciais, com a vitória do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

O diretor-administrativo da CUT em Alagoas, Luciano da Silva Santos, disse que a ocorrência foi registrada com base em relatos dos vizinhos da sede da entidade, que teriam dito ter ouvido os tiros por volta das 19h30, quando dois homens não identificados teriam chegado, feito disparos e ido embora.

Imagens das câmeras de segurança do Sindicato dos Vigilantes, localizadas em frente à CUT, foram solicitadas para tentar identificar detalhes da ocorrência. E o material deve ser disponibilizado hoje (30).

“A direção da Central considera o caso uma ameaça à democracia e já formalizou  denúncia à Polícia Civil para que seja instaurado um inquérito que aponte os responsáveis. A sociedade não pode aceitar atos de intolerância e violência sob qualquer motivação”, diz um trecho da nota da CUT em Alagoas, que avisou que seguirá atuando em defesa dos direitos da classe trabalhadora e por uma sociedade mais justa e solidária.

Vídeos Relacionados