Verão Massayó

Maceió se transformará no maior polo de economia criativa do Brasil

Capital alagoana é um dos destinos mais procurados devido à evidência da alta temporada, cultura e economia

acessibilidade:
Prefeito de Maceió JHC tem promovido uma série de iniciativas que potencializam a cultural local e mobilizam a economia criativa. Foto: Itawi Albuquerque/Secom Maceió

O fim de ano na capital alagoana representa um salto de qualidade em vários setores que impactam diretamente na cultura, economia criativa e turismo, graças ao desenvolvimento de ações da Prefeitura de Maceió. Mais um exemplo dessa organização é o ‘Verão Massayó’, que além de promover o destino para o verão, garante aos maceioenses e turistas opções de lazer, convívio social e valorização da cultura.

Em mais uma iniciativa coordenada pelo prefeito João Henrique Caldas, o “JHC” (PL), para promover o destino Maceió, e, principalmente, valorizar a identidade cultural dos maceioenses, a programação do Verão Massayó é mais um estímulo à economia criativa e turística na alta temporada.

“O Verão Massayó foi idealizado para ter uma programação extensa e multicultural. Graças aos investimentos em uma área tão importante, Maceió está se transformando no maior polo de economia criativa do Nordeste. Desta forma, estamos valorizando a nossa cultura, o nosso artesanato e a tradição dos bairros. Para se ter uma ideia da abrangência desta programação, são mais de 1.500 artistas locais com espaços para se apresentar tanto aqui no Espaço Maceió é Massa quanto nos palcos instalados nos bairros, a exemplo do Jaraguá, Vergel, Jacintinho, Ipioca e Benedito Bentes”, disse o prefeito.

A capital é uma das cidades mais procuradas para quem quer aproveitar a estação mais quente do ano, além dos amantes da vida à beira-mar. Então, nada mais justo que aproveitar as oportunidades que o verão, aliado à nossa cultura, podem oferecer de melhor a todos.

Aliada a esta programação gratuita, o retorno em geração de renda e movimentação da economia é assegurado. Para se ter uma ideia da importância destas iniciativas, a Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer (Semtel) confirmou com o setor hoteleiro de Maceió que a alta temporada promoveu uma ocupação nos hotéis de 90%.

O trabalhador informal também é beneficiado com esta alta de turistas na capital alagoana. A venda de água, água de coco, refrigerantes, entre outras bebidas, petiscos e lanches, aumenta na alta temporada. Nos bares e restaurantes, o fluxo de turistas tem aumentado gradativamente.

Espaço Maceió é Massa recebeu atrações locais e nacionais e seguirá como atrativo para cultural local. Foto: Juliete Santos/Secom Maceió

O Verão Massayó

As economias contemporâneas, baseadas nos serviços, vivem, em grande medida, da oferta de conteúdos criativos digitais, o que envolve música, teatro, artesanato, artes visuais, moda, gastronomia, audiovisual, games, expressões populares, entre outras. Maceió reforça a oferta do turismo cultural, consolidando como um dos maiores destinos turísticos do país. E para que a economia dos serviços de turismo se consolide e gere cada vez mais trabalho, emprego e renda, é preciso uma cartela diversificada de atrativos, a exemplo do Verão Massayó.

A economia criativa, no caso do Verão Massayó, gera valor agregado e projeta a imagem da cidade nos diversos circuitos de divulgação digital. Assim como outros destinos que realizam festivais, a exemplo de Salvador; Fest Verão Paraiba; Verão Tamandaré, em Pernambuco; que são eventos privados. No caso de Maceió é uma vasta programação gratuita que passa a atrair um novo fluxo de turistas para a cidade.

Para se ter uma ideia do fluxo de turistas em Maceió, basta passear na região da orla marítima. Diariamente, os táxis, transportes por aplicativos e ônibus de turismo param na porta dos hotéis para deixar os visitantes que estão prontos para fechar o ano na capital alagoana. De acordo com a Aena/Brasil, administradora do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, a movimentação de passageiros chegando em Maceió teve um aumento de 20%.

Cultura gratuita e da terra

A Cultura tem ações o ano todo. Dentre tantos festivais que aconteceram ao longo de 2022, podemos citar o Summer Geek, voltado à cultura nerd, Abril Pra Cultura, Massayó Gospel, Cultural a Gosto, Massayó Kids e outros. Agora, o Massayó Verão chega como mais um evento com o objetivo de beneficiar os projetos de artistas locais, fomentando a economia criativa.

Isso porque cerca de 95% dessas programações são compostas pelos fazedores de arte do município inscritos nos editais de incentivo à cultura. Hoje, na Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), estão disponíveis quatro editais de credenciamento, permanentemente abertos – um deles, inédito no município: para DJs, músicos solos e instrumentistas.

Estes editais reúnem artistas de diversas áreas e formam um mecanismo que avalia propostas culturais democraticamente, sendo ferramenta importante de desenvolvimento da Economia Criativa na cidade de Maceió, fomentando toda a cadeia produtiva de criação artística. (Com informações da Secom Maceió)